Menu

Estudos e artigos

O AVIVAMENTO NO LAR CRISTÃO

“…chamava Jó a seus filhos e os santificava; …” (Jó 1.5b)

A maior preocupação que um pai de família pode ter é com a sua esposa e filhos. Em se tratando de um homem decente e, principalmente, que teme a Deus, a família sempre estará no radar das suas orações (e preocupações gerais). Jó é, então, um exemplo de pai zeloso que se preocupa em “dedicar” sua casa ao Senhor. 

A Palavra de Deus registra outros exemplos de pessoas diligentes com o seu lar quando o assunto é levar os seus para perto de Deus. Tarefa nada fácil, embora não seja impossível. Demanda esforço e dedicação, mas traz bem-aventuranças; as mais variadas, conforme se observa nas linhas do Salmo 128. 

Ainda que desprenda algum esforço pessoal, ninguém pode promover em sua casa, bem como nos membros de sua família, o desejo da visitação divina. Ninguém toca o coração das pessoas como só o Espírito Santo de Deus pode fazer, levando-os a querer cada vez mais a presença do Senhor e de serem por Ele usadas poderosamente. Nesse sentido, a ideia do avivamento parece distanciar-se. Porém, quando a visão do Reino de Deus se amplia, quando o desejo de honrar e agradar ao Senhor se aguça, fomentado pela oração e Palavra, algo então acontece. 

Assim, quero compartilhar com você nestas linhas, meu querido irmão (ã), algumas sugestões que nos ajudem (direcione) a buscar o avivamento nos nossos lares. Lembre-se, contudo, que não se trata de “uma receita”. O Espírito de Deus é livre e age quando, onde e como quer! O doutor Lloyd-Jones afirmou que é uma verdadeira tragédia quando crentes buscam o avivamento em prontas e sugestionadas metodologias. 

Seguem-se, então, algumas considerações. Leve em conta que os corações e a mente dos crentes precisam ser alcançados para que se queira intensamente viver a vida cristã. 

ORE PELO AVIVAMENTO NA SUA CASA – Comece orando pelo avivamento e transformação em sua casa. Esteja convencido (a) de que seu lar e sua família só passarão por mudanças a partir da oração. Assim, ore para que você e os seus recebam algo impulsionador da fé. A Bíblia ensina que o Senhor está perto dos que o invocam em verdade (Salmo 145.18). Clame pelo Nome de Jesus em sua casa. Chame-O para participar do seu lar e dos relacionamentos familiares.  

BÍBLIA EM FAMÍLIA/BUSQUE A PRESENÇA DE DEUS – O que encoraja a fé de qualquer crente é a Palavra de Deus. Portanto, encontre tempo para a leitura da Bíblia em família. Separe um tempo. Se não tem essa prática, comece com alguns minutos. Apenas comece. Rapidamente se tornará o comportamento prático da sua casa. A Palavra de Deus, por meio do profeta Jeremias, é muito proveitosa. “Buscar-me-eis e me achareis…”. Nessa busca, o resultado é: “serei achado de vós…” (Jeremias 29.13, 14). Embora o contexto seja específico, o Deus que opera é o mesmo. Ele faz pela nação; Ele faz por sua casa. Ainda que imperfeitos e pecadores, se buscarmos o Senhor Nosso Deus de forma sincera (corações abertos), entregues de mente, inclinações e desejos, encontraremos o Senhor e seremos renovados na alegria (leia o Salmo 51). 

DECLARE COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUS – O Senhor é quem move (inclina) os corações. Jesus Cristo sabia bem o que estava dizendo em João 15.5. De fato, sem a misericordiosa ajuda do Senhor, nada podemos fazer. Segue-se sedento e infrutífero. Nós e nossos familiares só seremos frutíferos, sadios e renovados quando bem conectados com Jesus (dependentes d’Ele). Esteja agarrado na “videira verdadeira”. Conecte-se a Cristo! 

SIGA BONS EXEMPLOS – A Bíblia é repleta de bons exemplos de pessoas que levaram suas famílias aos pés do Senhor e foram avivadas pelos Céus. A história de Cornélio, descrita em Atos (capítulo 10), é um desses exemplos. Um homem “piedoso e temente a Deus com toda a sua casa…” (At 10.2). Tal como Cornélio, busque ser reto e tema a Deus, servindo de exemplo e encorajamento para sua própria casa e muitas outras pessoas, aliançando-os com a família de Deus (At 10.22; 47). 

Por fim, esteja certo de que Deus transformará a sua casa, sua vida e a de seus familiares. Não se canse, não desanime de orar. Creia e invista na sua família e aguarde com esperança para ver a ação soberana e extraordinária do Espírito de Deus. 

  • Pr. Edson Gonçalves – Pastor Auxiliar