Menu

Estudos e artigos

ARREPENDIMENTO – MARCA DO AVIVAMENTO

Quando o pecado se aloja em algum coração, o céu se acinzenta, o vigor diminui, a alegria murcha e a fertilidade padece de estagnação. O que fazer? A mesma coisa que se faz quando o corpo adoece: buscar ajuda e tomar remédio. Qual o remédio? O Senhor Deus deu a dica a Salomão, conforme está registrado em 2 Crônicas 7.14. É necessário um genuíno arrependimento, comprovado por ações bem práticas.

Despir-se do orgulho: O orgulho afasta a pessoa de qualquer tipo de ajuda. Em toda a história temos ouvido falar, lido a respeito e até mesmo visto os orgulhosos e arrogantes serem humilhados. A primeira dose do remédio prescrito pelo Médico dos médicos é esta: humilhe-se (Tg 4.10; 1 Pe 5.6).

Curvar-se: É certo que qualquer pessoa pode se curvar fisicamente em oração, mas Deus somente atenderá àqueles que estiverem curvados espiritualmente diante dele. A segunda dose do remédio prescrito pelo Médico dos médicos é esta: curve-se (Mt 6.6; 26.41; Ef 6.18; 1 Ts 5.17).

Mexer-se: Deus disse a Salomão: fale ao povo que se mexa, busque a minha face. Você terá que acordar mais cedo, ler mais a Palavra de Deus, participar mais da comunhão com os santos, jejuar, abrir mão de alguns prazeres. A terceira dose do remédio prescrito pelo Médico dos médicos é esta: mexa-se (1 Sm 14.12; Mc 8.22; 8.34; Lc 10.21).

Mudar: Mudança implica em mexidas e transtornos. Se você quer ver dias melhores, voltar a ver cores que não seja somente o cinza, sentir a vida brotar do seu interior, ver o fruto do seu trabalho, mude. Não basta se humilhar, orar, buscar, jejuar, é preciso agir. Mudança é fruto de atitude. A quarta dose do remédio prescrito pelo Médico dos médicos é esta: mude (Lc 14.26,27,33; At 2.38; Ap 2.5).

Pr. Gidiel Câmara – Pastor Auxiliar